sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

VAMOS JANTAR? o prometido


Sabia bem eu que havia alguma surpresa escondida,
Pois sentia-te diferente.
Quando disseste onde querias ir jantar,
entendi que o jantar seriamos nós!
À entrada no Motel la da zona,
reparo que apenas o casaco te esconde o corpo,
as meias nas pernas e soutian...
As cuecas na carteira vinham,
para não ficarem molhadas quando nos voltassemos a vestir!

Liga-me, para marcar outro jantar!
Mas desta vez, deixa-me passear a mão por entre o teu ventre
mesmo durante a viagem de carro até lá,
para sentir o teu calor, a tua humidade,
mesmo antes de mergulhar a minha lingua em ti
para te jantar...
Vulcano

6 comentários:

SinneR disse...

temos sempre de cumprir as promessas.

abraço

Paula Rodrigues disse...

vamos
JInhos
Paula

Vénus S. disse...

Vulcano, e que havia de ser da vontade, senão para ser cumprida! Bela refeição, certamente! :)

Kiss
Vénus S.

Vulcano disse...

SinneR,

Sempre!
Dou muito valor à palavra!

Abraço

Vulcano disse...

Paula Rodrigues,

Quando?
Podes marcar!

Beijinho

Vulcano disse...

Vénus,

Foi sim, uma bela refeição!
Se foi...

Beijo