quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

ADORO, ADORO, ADORO...


Quando nos dias em que fazes depilação, te metes a jeito, de forma a eu passear a minha língua pelo teu corpo... principalmente aqui, na tua fonte onde ou bebo e mato a sede com o teu mel.
Adoro mesmo a suavidade da tua pele, o gosto do teu corpo e o ver relusir quando estás já bem quente, bem no ponto em que me queres, e me pedes para entrar em ti.
Dizes nesses dias, da forma mais crua, da forma como eu quero e gosto de te ouvir: - Fode-me! Anda, quero-te dentro de mim!
Daí para a frente... deixo de pensar... deixo de ser eu... passo a ser o teu objecto, o teu brinquedo! Tu pedes e eu faço! Tudo!


Adoro, adoro, adoro...
Vulcano

4 comentários:

Diana Silva disse...

Qual deles (e muitas delas) é que não adoram ver uma cena assim? :D

Vulcano disse...

Diana,

Tu gostas? Isso é que importa! Que cada um se reveja no que escrevo. Porque no fundo acabamos por ter gostos semelhantes, todos nós...

Beijo

Me disse...

Eu tb adoro isso :)

Vulcano disse...

Me...

Tu também sabes o que é bom... :)

Abraço!