quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A SAUDADE...

No momento de entrega, mas na primeira vez,
ela segura-me e mata saudades.
Saudades de quem nunca me viu,
nunca sentiu,
mas sempre me teve!

1 comentário:

MissMary disse...

Saudades do que ainda não se viveu...
Sinto!

Beijos
MissMary