terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

SÔFREGO


Com uma vontade louca, deito-me hoje, a um belo par de lábios.
Há dias, ou noites que o desejo me tormenta!
Queria poder fazer deslizar a minha língua pela tua cintura!
Lambuzar o teu corpo cheiro de vontade, cheio de mel.
Liquido que vou saboreando, ao mesmo tempo que percorro a fua fonte, ou o teu cuzinho.
Lambidela que é lambidela, acaba sempre por lá ir parar.

Mas a vontade de te entrar, com a minha língua...


Empina-o para mim, assim!


Na cama, no chão, na mesa ou sofá,
eu hei-de lá chegar com a minha língua...

Vulcano

4 comentários:

Nikita disse...

Duvido que ela resista a tamanha manifestação de apetite...
Qual a mulher que recusaria?
Pois, nenhuma!

Ártemis disse...

Vulcano,
esteja ela onde estiver, tu hás-de lá chegar...porque valerá sempre a pena o esforço...
Ártemis

Maria Rita disse...

Completamente sedutor ! Mais nem digo ! Beijinhos Maria Rita!

Girl With Tattoo disse...

Realmente qual é a menina que não gosta de empinar o rabinho ?

a provocação sempre foi uma das mais sábias armas :P

Bj Completo Vu