quarta-feira, 14 de novembro de 2012

YOU'LL BE MY NIGHT LIGHT


Vou arrancar na minha viagem, em ti, no teu rosto...
Hei-de correr cada rua que há em ti,
Cada canto e recanto,
Nada haverá em ti que eu não venha a saber de cor.
Cada curva, cada monte, cada vale!
Amarrarei firme as tuas curvas e,
Sentirei qualquer movimento teu,
Como se sismos fossem.
Serei eu e tu
noite e dia,
Numa corrida em que não haverá vencidos.
Com suor subir-te-ei
e deixarei descer-te ora velozmente
ora lentamente...
Sem horas, sem dias ou minutos
Farei a minha viagem em ti
Serás a minha luz da noite
aí onde dormirei,
Serás a minha luz da noite
mesmo nos meus sonhos
Sob o "LuaR"
brilhando no mar
Serás a minha luz da noite
Mas eu cuidarei de ti...
em ti, no teu rosto!
Vulcano

1 comentário:

Cat disse...

Corre, percorre e deixa-me deslizar,
Sem tempo, nem horas,
Em minutos longos e demorados,
Em caminhos que nunca percorreste,
Em lugares que nunca imaginei existirem em mim.